Penapolenses no Mundo, conte aqui sua história e a história de sua família de Penápolis-SP

DE PENÁPOLIS-SP PODE SAIR ALGO DE BOM?

Leia essa excelente História de Penápolis-SP:

http://www.migalhas.com.br/pintassilgo/mig_pintassilgo.aspx?op=3&cod=21820&comarca=Penapolis

SÃO FILHOS de PENÁPOLIS-SP:

O Bispo da Igreja Armênia de São Paulo, Dom Vartan Waldir Boghossian;

Walter Bernardes Nory, secretário de transportes do Governo Orestes Quércia no Estado de São Paulo (1987-1991);

O cantor, compositor e arranjador Iso Fischer e seu irmão Tato Fischer, (Carlos Eduardo Fischer Abramides), que é ator e diretor teatral;

O Dr. Renè Adolfo Fink, grande médico de nossa cidade, até hoje lembrado por seus pacientes;

O jovem comediante Guilherme Santana do Programa Comédia MTV;

O pintor com a boca e os pés Jadir Raymundo;

A escultora Marly Salum;

O compositor e cantor Francisco Gottardi (o Sulino), da dupla caipira “Sulino & Marrueiro”;

O desenhista e ilustrador Rogério Vilela;

A jogadora de basquetebol feminino Suzete Gobbi, capitão da seleção brasileira feminina de basquete de 1973 a 1986;

Solonei Rocha da Silva que foi medalha de ouro na maratona do Pan/2011;

A família materna da atriz Giulia Gam é de Penápolis-SP, onde Giulia é cidadã honorária. Giulia Gam é tri-neta do Cristiano Olsen, martirizado pelos índios, em 1910;

O pianista Silvano Reis;

O músico Chiquinho Costa;

A poetisa Rosemeire Soares de Sales e o poeta Albertinho Sertanejo;

O sociólogo Luis Eduardo Waldemarin Wanderley;

A apresentadora e modelo Sabrina Sato Rahal que sempre divulga Penápolis-SP; neta do velho Rahal;

O modelo Bruno Ortiz que já fez parte de grandes agências internacionais como a Ford Models e a Major Agency;

A jogadora de vôlei feminino Jaqueline Bachiega Sipriano da Silva que tem grande destaque no vôlei nacional;

O artista plástico José Maurício de Almeida (o Caxeta);

O grafiteiro Edvaldo Luiz Alvares (O Vado do Cachimbo);

O nadador Tiago Teixeira Simon, campeão brasileiro dos 100 e 200 metros nado de costas na categoria júnior;

O Euclides Marques, da dupla de Choro “Euclides e Luisinho 7 Cordas”;

A escritora, contista e poetisa Vera Vilela;

O Deputado Federal por São Paulo, Marcelo Ortiz;

O Sérgio Peli, armeiro, restaurador e desenhista de armas;

O Fernando Chamarelli, artista plástico e ilustrador;

Luiz Eduardo Cheida, deputado estadual no Estado do Paraná, e, que foi secretário de Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Estado do Paraná;

O ator Rafael Fier;

O maestro Sílvio Augusto Bugiga;

A decana do professorado paulista, Dirce Pereira da Silva, que, em 2003, foi homenageada pelo Governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, como a professora que mais tempo permaneceu em sala de aula em toda a rede pública de ensino do Estado, de 1954 a 2004.

Marcos Viana, que participou do reality show da Rede Globo, Hipertensão. Ficou em 2º lugar e ganhou 100 mil reais.

 

VIVEM ou VIVERAM EM PENÁPOLIS-SP:

A atriz Pepita Rodrigues, espanhola de nascimento, veio, na infância, para Penápolis-SP.

A poetisa Cora Coralina viveu vários anos em Penápolis-SP.

O Senador e ministro Roberto de Oliveira Campos viveu até 1922 em Penápolis-SP, seu pai era o diretor do 1° Grupo Escolar, o Sr. Waldomiro de Oliveira Campos. O dr. Roberto Campos faria 100 anos de idade em abril de 2017. Seu pai jaz enterrado em Penápolis-SP.

O Bispo aposentado da Diocese de Duque de Caxias e ex- coordenador do Programa Fome Zero, Dom Mauro Morelli, natural de Avanhandava-SP, também morou, com seus irmãos, em Penápolis-SP.

O jurista José Frederico Marques foi juiz substituto em Penápolis-SP, em 1938.

A poetisa e historiadora Carmita de Mello Ahmad foi uma das pioneiras de Penápolis-SP; tendo residido na primeira casa de Penápolis-SP.

Atua, em Penápolis-SP, um dos mais antigos advogados do Brasil, com quase 100 anos, Nello Salen, natural de Franca-SP.

Anúncios

2 Respostas to “Penapolenses no Mundo, conte aqui sua história e a história de sua família de Penápolis-SP”

  1. Walter Miranda Says:

    Muito com ler este blog ou homepage e descobrir tantos penapolenses no mundo. Eu me chamo Walter Miranda, sou afrodescendente e, quando criança, morei na Vila América, periferia da cidade. Venho de família muito pobre. Meu pai era servidor público municipal, braçal. Estudei no Grupo Escolar Augusto Pereira de Moraes, na Escola Técnica São Francisco de Assis e me forme Técnico de Contabilidade pela OCEU. Trabalhei no Escritório Mercúrio de Alberto de Souza Nobre. Fui proprietário do Escritório Bandeirantes de Contabilidade, mudei de Penápolis em 1976 (com 27 anos), morei em Jundiaí até 1992 e atualmente resido em Araraquara/SP. Conclui Ciencias Contábeis e Economia, a nível de graduação e mestrado pela PUC/SP, lecionei em algumas Faculdades: Anhembi Morumbi, Campos Salles, São Luis, Santana, Padre Anchieta em Jundiaí. Prestei concurso para Auditor Fiscal em 1980, assumi em 1981. Continuo na Receita Federal do Brasil aonde sou Auditor Fiscal. Fui vereador em Jundiaí aonde morei 20 anos. Nasci em 1949 e estou com 64 anos.

  2. Jose Angelo Amado Says:

    O violinista Frederick Carrilho, conhecido internacionalmente, cuja obra BRASILESSÊNCIA foi premiada na Holanda. O químico FLoriano Pastore Junior, professor da UnB que desenvolveu um processo de produção de manta de borracha a frio utilizado mundialmente. O compositor Valter Pini. O médico Walter Valente, vulgo Peninha, ex-administrador de Brasilia no governo Buarque de Holanda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: