8- A Origem da Família Monteiro, portuguesa com certeza

“Ainda existirá a velha casa senhorial do Monteiro?
Meu sonho era acabar morando e morrendo
Na velha casa do Monteiro.”

http://origemdosmonteiros.blogspot.com.br/

A Origem da Família Monteiro, a linhagem principal, que manteve a Casa senhorial do Monteiro.

Por Roberto Sandoval

rlavodnas@hotmail.com ou rlavodnas@gmail.com

 

TEMOS QUE LIGAR OS NOSSOS MONTEIRO DE ARAUJO ÀS ORIGENS

O Português MANOEL MONTEIRO (c/c Izabel Antônia) é pai de:
O Português JOÃO MONTEIRO DE ARAUJO, o avô, (c/c Ana Maria de Jesus) é pai de:
O Mineiro Capitão JOSÉ MONTEIRO DE ARAUJO (c/c Maria Joaquina de Jesus) é pai de:
O Mineiro  CORONEL JOÃO MONTEIRO DE ARAUJO, neto, (c/c Laura Cândida de Assunção) é o pai de:
16 filhos, dos quais 5 se casaram com bisnetas da MADRINHA DA SERRA e são estudadas em detalhe neste site.
http://www.madrinhadaserra.com

 

 

 

 

 

 

 

 

Cap. I – Rui Monteiro

Rui Monteiro foi um fidalgo muito conhecido, no tempo de El Rei D. Afonso Henriques, (séc. XII), e, seu Monteiro – Mór, ofício de que dizem tomara o apelido. Outros dizem que era filho de D. Monteiro, ou Montário, e neto de D. Soeiro Viegas de que falam as Memórias de El Rei D. Afonso III; e, era odito Rui Monteiro, pai de Egas Monteiro; viveu Rui Monteiro, no Concelho Penaguião, e, além dos bens que possuiu no dito Concelho, teve o Padroado de S. Ovaya de Andufe; foi muito rico, e poderoso. Casou com Elvira Gonçalves, filha de Gonçalo Moniz, e, sua mulher Maria Annes, e, deixaram os seguintes filhos:

1) Egas Monteiro, que segue

2) Fernão Rodrigues Monteiro 4º M.e de Aviz em Portugal e fundador da mesma vila em 1223

3) Moninho Monteiro Padroeiro da Igreja de Valadares em Baião , c.g.

4) Rui Monteiro

 

 

Cap. II – Egas Monteiro

Sucedeu na Casa de seu pai e foi Padroeiro da Igreja de Andufe; viveu em Penaguião, no tempo do Rei D. Sancho I, e, D. Afonso II. Consta das Inquirições que mandou fazer El Rei D. Afonso III, ser Padroeiro de S. Ovaya de Andufe. Casou-se, deixando os seguintes filhos:
1) Paio Monteiro , que segue

2) Mônio Monteiro que teve filhos e netos que possuíram a Igreja de Valadares em Baião.

 

 

Cap. III – Paio Monteiro

Viveu na freguesia de S. Adrião de Sever, Concelho de Penaguião, e possuiu fazendas em Fontes que haviam sido de sua bisavô Maria Annes como consta das Inquirições que mandou fazer El Rei D. Afonso III, em Riba Douro, fala nele o Conde D. Pedro ttº. 66 plan. 365.

Casou com Teresa Annes filha de João Soares e sua mulher D. Teresa Gonçalves filha de Gonçalo Gonçalves Bezerra no ttº. de Bezerras § …. N….; consta D. Pedro ttº. 66, fls. 362, N 2; ela tornou a casar com Rui Mendes da Fonseca, c.g. Paio Monteiro e s/m Teresa Annes deixaram os seguintes filhos:
1) Martim Pais Monteiro , que segue

2) Gonçalo Pais Monteiro Abade de Sandim, e Cônego de Lamego que teve João Monteiro, Legitimado por El Rei D. Diniz como consta do Livro das Legitimações do mesmo Rei.

 

 

Cap. IV – Martim Pais Monteiro

Sucedeu na Casa de seu pai e viveu em Taboadelo da Freguesia de Fontes no tempo de El Rei D. Afonso III e do Rei D. Diniz. O Conde D. Pedro lhe não nomeia mulher com quem casou, e Cabedo diz chamar-se Dona Mariana o que não é presumível por não ser este nome do uso daqueles tempos. Deixou como filho, Nuno Martins Monteiro.

 

 

Cap. V – Nuno Martins Monteiro

Foi Senhor da Casa de seu pai, viveu em Penaguião reinando D. Afonso IV; dele se faz menção num Prazo do Mosteiro de Tarouca. Casou-se, deixando os seguintes filhos:
1) Afonso Nunes Monteiro , que segue

2) Gonçalo Nunes Monteiro

3) Tomé Nunes Monteiro Progenitor dos Monteiros Correias Montenegros.

 

 

 

Cap. VI – Afonso Nunes Monteiro

Sucedeu na Casa de seu pai , viveu no Porto em tempos dos Reis D. Fernando e D. João I a quem serviu. Deixou os seguintes filhos:
1) Martim Afonso Monteiro , que segue

2) João Afonso Monteiro

3) Rodrigo Afonso Monteiro; legitimado por El Rei D. João I o Progenitor dos de Évora.

 

 

Cap. VII – Martim Afonso Monteiro

Foi Senhor da Casa de seu pai , viveu no Porto, era vereador naquela cidade, no ano de 1325, reinando El Rei D. João I, como consta de um prazo da Câmara, feito naquele ano. Casou-se deixando os seguintes filhos:
1) Lopo Martins Monteiro , que segue

2) João Martins Monteiro, que dizem ser progenitor dos de Borba e deste faz menção um prazo do Hospital de Lisboa.

3) Fernão Martins Monteiro.

 

 

Cap. VIII – Lopo Martins Monteiro

Sucedeu na Casa de seu pai e viveu no Porto no tempo de El Rei D. Duarte e D. Afonso V como consta de um Padrão que diz viu Manuel de Sousa da Silva. Casou-se deixando os seguintes filhos:
1) Gonçalo Monteiro , que segue

2) Leonor Monteiro 2ª mulher de Fernão de Lucena c.g. no tº. de Lucenas ; tinha sido primeira vez casada com João Pinto de Vasconcelos.

 

 

 

Cap. IX – Gonçalo Monteiro

Sucedeu na Casa de seu pai , serviu ao Infante D. Fernando Duque de Viseu como consta de um Brasão que se passou a seu neto Gonçalo Monteiro em 8 de Novembro de 1545.

El Rei D. Afonso V o mandou à Beira para juntar as Pratas das Igrejas que lhe pediu emprestadas para as necessidades da guerra , e com esta ocasião casou no Lugar de Quintela do Concelho de Tarouca com Isabel Rodrigues de Vasconcelos filha de Rui Gonçalves de Sequeira e sua mulher Inês Annes de Vasconcelos filha de Azuil Cardoso, ou sua irmã diz uma Cota. Deixou os seguintes filhos:
1) Rui Monteiro Homem de Vasconcelos

2) Lopo Monteiro , que segue

3) Álvaro Monteiro

4) João Monteiro

5) Gonçalo Monteiro

 

 

 

Cap. X – Lopo Monteiro

Sucedeu na Casa de seu pai , viveu em Barro e foi cidadão do Porto como se prova do mesmo Brasão acima alegado. Casou com Guiomar de Oliveira como consta do Prazo que lhe fez o Mosteiro de Tarouca da honra da Touca em 1495, o qual deu em dote a filha Guiomar Monteiro. Deixaram os seguintes filhos:
1) Gaspar Monteiro , que segue

2) Guiomar Monteiro mulher de Gonçalo Vaz Pinto Sr. da quinta da Rede a quem se renovou o prazo da dita quinta em 1561, s.g.

 

 

Cap. XI – Gaspar Monteiro

Foi Fidalgo da Casa de El Rei D. João III como consta do mesmo Brasão que se lhe passou naquele tempo. Casou com Catarina Dias que dizem era sobrinha do Frei Gaspar Dias Comendador do Barro na Ordem de S. João. Deixaram os filhos:
1) Lopo Martins Monteiro

2) Mécia Monteiro, mulher de Baltazar de Alvarenga Soeiro de Lamego  que segue

 

 

 

Cap. XII – Mécia Monteiro

Casou com Baltazar de Alvarenga Soeiro morador em Lamego , filho de Bernardo Álvares Alvarenga, ou Alvergaria, irmão de Gonçalo Vaz, e neto de Álvaro Annes Soeiro de Alvarenga, ou Alvergaria e sua mulher …… Cardoso, 2º neto de Soeiro Fernandes de Alvergaria, e 3º neto de Fernão Soares, ou Soeiro ttº. de Soares de Albergaria § 32 N …..; Álvaro Annes Soeiro de Alvergaria era fº. de Soeiro Fernandes d’Albergaria, e neto de Fernão Soeiro d’Albergaria, e 2º neto de Soeiro Fernandes e sua prima Sancha Álvares no ttº. de Soares d’Albergaria § 32 N 9. Deixaram os seguintes filhos:
1) Manuel Monteiro de Alvarenga , que segue

2) Belchior Monteiro, s.g.

3) Baltazar Monteiro, na Índia

4) Gaspar Monteiro, na Índia

 

 

Cap. XIII – Manoel Monteiro de Alvarenga

Casou, em Baldigem, com Andreza de Mesquita, filha de António de Araújo de Mesquita, que outros chamam António Carvalho de Mesquita que parece filho de Rui de Nisa Morgado de Nisa e Morgado de Lordelo. Deixaram os seguintes filhos:
1) Belchior Monteiro de Alvarenga

2) Gaspar Monteiro Sabogoa
As informações acima são provenientes de Felgueiras Gayo

Anúncios

18 Respostas to “8- A Origem da Família Monteiro, portuguesa com certeza”

  1. BELMIRA FERREIRA DA ROCHA Says:

    Olá
    Gostaria de saber se algum descendente desses MONTEIRO acima, foram para a região chamada de Freguesia de Ferreira de Aves, pertencente ao Distrito de Viseu (Portugal)?

    Meu bisavô paterno chamava-se BELARMINO FERREIRA DA ROCHA e nasceu no dia 6 de janeiro de 1867 em Casfreires de Ferreira de Aves – Viseu (Portugal)

    Meu bisavô BELARMINO FERREIRA DA ROCHA (casado com Albina de Sousa), tinha 5 irmãos:
    1 – ADELINO FERREIRA DA ROCHA (casado com Virgínia Pinto, da cidade Lamas);
    2- GELCA MONTEIRO (casada com Antônio Chaves);
    3 – LEONOR MONTEIRO (casada com João Coroado);
    4 – VIRGÍNIA MONTEIRO (casada com Francisco Albuquerque, conhecido como Chico Silvãs);
    5 – PRAZERES MONTEIRO (casada com Germano de Frias).

    Os seis irmãos nasceram numa aldeia chamada CASFREIRES.

    Soube que eles eram descendentes de uma famosa família Monteiro daquela região. Não estou atrás de herança, estou interessada apenas na origem remota de minha família.
    Obrigada por qualquer informação a respeito

    Bel Rocha

  2. Gilberto Monteiro de Araujo Says:

    Ola, gostaria de saber sé faço parte destá linhagem, meu nome é Gilberto Monteiro de Araujo, meu pai José Monteiro de Araujo, avós, Manoel Monteiro de Oliveira, Ernestina Mendes de Araujo, bisavos paternos ,João MOnteiro de Alvarenga e Ana Tereza de Jesus, bisavos maternos, Antonio Mendes da costa e Ambrosina de Araujo Sá. desde já o meu muito obrigado

  3. Elaine Monteiro Says:

    Olá, meu nome é Elaine Aparecida Monteiro, esses tempos atrás saíu uma lista dos sobre nomes que poderiam pedir cidadânia portuguesa e nesta lista não tinha o sobre nome Monteiro , mas sim Montero, será que você saberia me informar se caiu o “i” oi ele de foi incluso?

  4. Marilda Monteiro da Rocha Says:

    Olá gostaria de saber se ha inducios de descendentes dos Monteiro dos nomes citados acima aqui no Brasil principalmente na região norte do Amazonas cidade de Manaus?

  5. Marilda Monteiro da Rocha Says:

    Olá
    Gostaria de saber se ha indícios de descendentes dos Monteiro aqui no Brasil. Principalmente na região norte Amazonas cidade de Manaus?

  6. ALOÍSIO JOSÉ DOS SANTOS Says:

    Meu tataravô e Manoel Monteiro da Rocha, viveu no interior da Bahia, sera que tem alguma relação com esses Monteiros

  7. Jairo Boaventura Monteiro Pontes Says:

    Sou Monteiro de Santas Cruz Cabrália-Bahia, terras Mãe do Brasil, gostaria de ter informações sobre a vinda da família monteiro de Portugal aqui pra nossa região. Um grande abraço.

  8. santa marilene mendes monteiro Says:

    olá !! meu nome é santa marilene mendes monteiro e meu pai já falecido era gabriel mendes monteiro ,filho de francisco mendes monteiro,tenho muita curiosidade em descobrir algum parente que ainda não conheço ,moro no sul do Brasil ,se alguém souber alguma coisa favor me avisar!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: